junho 2010

As palavras do poder

Ótimo texto de Gilberto Dimenstein, hoje na Folha, com uma manchete que é exatamente o inverso do seu sentido, como virou hábito na antiga imprensa: a manchete, escrita pelo patrão, contradiz o texto, feito pelo jornalista. O patrão escreve as manchetes para quem perde seu tempo só lendo manchetes, que nada informam. Leia mais

O Julgamento de Sócrates

Sócrates, capitão de um time perdedor, deveria ser mais cauteloso nas críticas que faz ao Dunga, capitão de um time vencedor. Dunga é uma das cinco figurinhas carimbadas do álbum das glórias esportivas nacionais, ao lado dos capitães Bellini, Mauro, Carlos Alberto e Cafu. Leia mais

A Folha de S. Paulo e suas manchetes cretinas

O fato, segundo o texto da notícia:
 
Newton Cannito é autor do roteiro de um filme inscrito num concurso do Ministério da Cultura. (O prazo de inscrição terminou no dia 18 de março de 2010. Regulamento em Leia mais

Mentiras irresistíveis

Um dia desses, quando a Folha de S. Paulo publicou mais uma manchete que sabia não ser verdadeira (1), lembrei de outra mentira que virou manchete na mídia, esta da Agência Estado, amplamente repercutida por vários jornais no final de 2008, pior momento da crise financeira.
 
A manchete:
  Leia mais

A bizarrice das leis anti-nepotistas

Verbete: nepotismo
[De nepote + -ismo.]
S. m.
1. Autoridade que os sobrinhos e outros parentes do papa exerciam na administração eclesiástica. Leia mais